• thalitaagborges

Como perdi o medo de pedalar clipada na mountain bike...



O medo de pedalar clipada é algo comum para as mulheres que estão iniciando no ciclismo. Isso é algo que compartilho também. A ideia de ficar "presa" à bicicleta, no início, me dava muito medo. Tinha a sensação de que eu poderia cair a qualquer momento e me machucar. Porém, na prática, o que aconteceu foi totalmente o contrário.

Após começar a andar clipada, eu senti mais segurança e equilíbrio ao pedalar, e isso me ajudou a evoluir muito na passada. Maaaas, até você conquistar esse equilíbrio, sim, você pode cair algumas vezes ( no meu caso foram MUITAS vezes). Você não vai cair necessariamente, claro que estamos todas suscetíveis a isso, até ciclistas profissionais caem, o que você vai adquirindo ao longo do tempo é mais técnica que vai fazendo você evitar de levar tantos tombos.

No meu caso, vários fatores contribuíram para que eu caísse muitas vezes na minha primeira experiência. Foram tombos bem leves. Lembro que só o joelho que eu apoiava a perna, do lado que eu caia, que ficou um pouco roxinho, mas não foi nada demais. Eu literalmente utilizei meu joelho como um tripé, não recomendo (rsrsrs).

Eu resolvi comprar minha primeira sapatilha para participar de um pedal que um amigo estava organizando na Serra da Canastra, aqui em Minas Gerais, o TokenTrails do Gabrielzão do Bike4Fun (se não conhecem os vídeos dele e da Grazi vou deixar aqui no fianl para vocês conferirem). Antes de participar desse pedal, me avisaram que o terreno de lá era muito íngreme e cheio de pedras. Portanto, usar a sapatilha era algo importante.Eu só confiei nos meus amigos mais experientes e fui (rsrsrs). Bom, claro que se você não planeja, não treina e vai logo de cara, como eu fiz, o risco de dar errado é grande.

Para mim deu tudo certo e eu gostei muito da sensação de estar conectada à bike. Além de ter sido essencial para as subidas. Não sei se eu conseguiria ter feito algumas subidas sem descer da bicicleta com tantas pedras soltas e terrenos técnicos que tem lá se não fosse com a sapatilha. Ela realmente ajudou muito. Eu não senti nenhum desconforto depois de clipada, o problema era na hora de parar mesmo. Eu lembro de cair muitas vezes nesse pedal na Canastra. Por fim, eu já não sabia se era o cansaço que eu sentia nas pernas ou se tinha alguma coisa errada com aquele clip. Afinal, eram os dois motivos (rsrsrs). Só sei que eu já passei a escolher onde eu queria cair, se era em um lugar mais fofinho na grama ou no areião, e me jogava com a bike no chão.

Foram assim, os dois dias que nós pedalamos lá. Andando e caindo. Os meus primos, que estavam comigo, já não aguentavam de tanto rir ao me ver cair como uma pamonha no chão. Um amigo nosso, o Pedrão, que também estava com a gente, e é mecânico, percebeu que tinha algo errado. E realmente estava. Os parafusos da regulagem do clip estavam muito apertados e isso estava dificultando mesmo eu a desclipar. Portanto, vale a pena, quando forem começar a pedalar clipadas, observar se a regulagem do clip não está muito apertada. Acredito que se eu tivesse observado isso eu não teria caído tantas vezes. Uma boa dica, que aprendi também, é a de colocar uma gotinha do óleo de corrente nas molinhas do clip, além de protegê-las ele também deixa elas lubrificadas o suficiente para facilitar na hora da desclipagem.

Atualmente, já se passaram cinco anos desde que comecei a andar clipada e posso dizer que foram raras as vezes que caí por conta do clipe. Com o tempo, a ação fica automática e você ganha muita agilidade na hora de parar e colocar o pé no chão. Bom, essa foi a minha experiência, gostaria de saber como foi a sua. Foi parecida com a minha ou não? Deixe aqui contando sua experiência para que possamos incentivar mais mulheres que ainda estão lidando com esse medo.

Por fim, deixo aqui uma linda recordação de uma foto que tirei nessa viagem. A vista da minha barraca ao amanhecer. A beleza da Serra da Canastra compensou qualquer tombo. E se eu puder acrescentar justificativas a eles, vou dizer que a serra me distraiu com a sua beleza. Um abraço à todas vocês. Bora pra trilha!!!



Canal do Bike4fun Brasil : https://www.youtube.com/channel/UC-8l-jmGGNio3VUHCN6VO1w


Pousada que ficamos hospedados na Canastra: https://www.villacanastra.com.br/pousada



43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo